O Ecossistema é o novo warehouse

Tradicionalmente, as empresas contam com mão de obra interna e recursos próprios para dimensionar a criação de valor. À medida que o mundo se torna mais conectado, as empresas podem alavancar uma nova fonte de escala:

Um ecossistema externo de usuários e parceiros conectados à empresa pela Internet.

A Amazon começou como uma loja online tradicional, mas agregou escalabilidade adicional do lado da oferta à medida que avançava para um modelo de mercado online. Esse modelo de mercado alavancou armazéns e estoques, distribuídos em um ecossistema de comerciantes parceiros, para atender os consumidores. Mais recentemente, muitas lojas de comércio eletrônico na Índia também perceberam a necessidade de mudar de lojas para mercados, de tubos para plataformas. O ecossistema armazena o estoque enquanto a plataforma gerencia a correspondência desse estoque distribuído com a demanda. A plataforma pode até gerenciar ou orquestrar a entrega física de mercadorias dos armazéns, mas não possui parcelas significativas do estoque que vende. Quando a Amazon permitiu a liquidação do estoque de propriedade de seus comerciantes parceiros, ela começou a alavancar o ecossistema como um armazém distribuído.

Os hotéis possuem inventário, mas o Airbnb funciona como um provedor de acomodação virtual, aproveitando quartos em seu ecossistema. Isso permite que o Airbnb se expanda rapidamente e opere sem custos fixos. Tradicionalmente, as casas de mídia se orgulham de possuir conteúdo ou obter o melhor conteúdo contratualmente. O YouTube e o Soundcloud desbloquearam todo um ecossistema de criadores de conteúdo que participam da plataforma. Esses prósperos ecossistemas de criadores permitem que as plataformas concorram com credibilidade com as casas de mídia tradicionais pela atenção do consumidor.

A evolução das notícias e publicações online não é diferente. O Huffington Post começou com um modelo de mídia tradicional, criando a maior parte do conteúdo internamente, mas escalou construindo um ecossistema de redatores colaboradores. Mais tarde, a Forbes, a WIRED e várias outras empresas de mídia tradicional seguiram um caminho semelhante.

A visão da criação de valor baseada no ecossistema contrasta fortemente com a visão tradicional da criação de valor baseada em recursos, em que o controle dos recursos era uma importante fonte de vantagem competitiva.

Trecho traduzido do livro PLATFORM SCALE, Como um modelo de negócios emergente ajuda startups a construir grandes impérios com investimento mínimo, Choudary, Sangeet Paul, 2015

Um comentário em “O Ecossistema é o novo warehouse

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s